Uma bicha negra católica e militante, na frente de uma câmera, falando de umas coisas sérias e outras nem tanto, e fazendo tudo que pode pra contribuir com a mudança do mundo: essa é a receita do Muro Pequeno, um canal do YouTube todo trabalhado na desconstrução e nas problematizações.

Comecei o projeto por sentir a vontade - e a necessidade - de espalhar ideias por aí, tentando enfrentar alguns desafios que eu localizava: primeiro, o da invisibilidade constante, por ser negro e gay, envolvido num universo LGBT em que pouco se fala sobre negritude; e por ser gay e católico, num mundo em que todo mundo acha que gay nunca tem fé e que cristão nunca tem sexualidade - quando tem, é hétero. O segundo desafio, evidentemente, acabava sendo o do silêncio em relação a esses assuntos e a outros tantos, que são mal compreendidos porque ainda falta debate.

Assim, tentando romper com a invisibilidade, eu topei mostrar a cara; e tentando romper com os silêncios, resolvi falar também. Reuni meia dúzia de tijolos e coloquei de pé o meu pequeno muro, no YouTube, juntando forças com uma série de outros canais bacanas que têm surgido nos últimos anos, com preocupações sociais como a minha. A ideia é tratar assuntos delicados de forma leve, didática, sutil e bem humorada, a fim de democratizar debates que às vezes ainda ficam muito trancados dentro das salas de reunião (de movimentos sociais e de grupos de pesquisa). Isso sem deixar de falar da vida também, discutindo amenidades e rindo do lado leve das coisas - porque a gente também precisa de um pouco mais de doçura, amor e esperança.

O nome do canal denuncia a proposta: eu sei que existem muros, sei que existe um limite, sei que existem coisas que nos separam uns dos outros; mas eu quero que esses limites sejam assim: pequenos... que não se tornem um impedimento para que as pessoas se vejam, se enxerguem, conversem, se entendam, entrem na casa e no coração... quero que sejam muros fáceis de pular. Não tenho a pretensão de derrubar todos eles. Mas, com os vídeos, eu quero fazer o que eu puder para torná-los menores.

Recompensas

a partir de R$ 1,00 por mês

Newsletter do Muro Pequeno

3 Padrinhos e Madrinhas

a partir de R$ 1,00 por mês

Só quero ajudar

0 Padrinhos e Madrinhas