Lá em 2009, quando a internet bailarinística era mato, eu cheguei com uma ideia: facilitar o acesso à materiais de ballet tão difíceis de se conseguir no Brasil.
Na TV, as opções são escassas. No mercado nacional, raras foram as oportunidades, como a coleção de DVDs O Melhor do Ballet, lançada em 2008 pela Planeta de Agostini. Procurar DVDs e VHSs do gênero em sebos é como procurar uma agulha no palheiro. A importação e o acesso à streamings pagos de companhias internacionais está fora da realidade de muita gente.

Foi pensando nessa dificuldade que, em 2009, nasceu o Vídeos de Ballet Clássico. O projeto começou em agosto, como uma comunidade no Orkut, e depois virou um blog em 19 de dezembro de 2009. A premissa é simples: compartilhar tudo o que eu conseguisse encontrar pela internet de apresentações completas de ballet.

11 anos se passaram, o projeto cresceu e acabou se tornando muito mais que um blog que compartilha vídeos de ballet. Hoje, é um espaço dedicado à Memória da Dança, ao estudo dessa arte e compartilhamento desses conhecimentos sobre História da Dança e História da Música, adquiridos através de muita pesquisa e empenho.

O projeto ganhou um canal no YouTube em 2016, o No Compasso do Ballet, com foco no estudo dos ballets de repertório.

Ao longo dos anos, através de tantos depoimentos que já recebi, percebo a importância que esse projeto tem para todos que acessam, sejam bailarinos, professores, estudantes e amantes do ballet em geral. Em um dos últimos posts que escrevi, uma leitora sugeriu a criação de uma campanha de apadrinhamento. E por isso, estou aqui...

O objetivo dessa campanha é a manutenção desse projeto como um todo. Lembrando que essa é uma contribuição voluntária e que em nada vai alterar as atividades do blog.

Se você gosta do blog e quer apoiar o projeto, seja amigo do Vídeos de Ballet Clássico!

Recompensas

a partir de R$ 20,00 por mês

Quero ser amigo!

1 Padrinho/Madrinha